Protocolo da EMEF

PROTOCOLO SANITÁRIO 2020

DEPARTAMENTO TÉCNICO PEDAGÓGICO

 

 

ENSINO FUNDAMENTAL – EMEF

 

ENTRADA E CUIDADOS NA SALA DE AULA:

·         Horários Escalonados de alunos nas entradas e saídas;

·         Demarcação do piso nas áreas internas e externas, onde for necessário, sinalizando o espaço de distanciamentos de 1,5 m (um metro e meio), garantindo assim o afastamento seguro entre as pessoas.

·         Tapete higienizador: o tapete será usado por funcionários, alunos e visitantes na entrada da Unidade Escolar.

·         Uso obrigatório de máscaras.

·         Disponibilizar álcool gel 70% ou borrifador álcool 70% líquido.

·         Minimizar a quantidade de pessoas circulando na escola – os alunos irão adentrar a escola, preferencialmente, desacompanhados.

·         Os calçados e as mochilas/bolsas deverão ser higienizados ao adentrar a U.E.

·         Aferir a temperatura de todos que adentrarem a unidade escolar (professores, educadores, funcionários, alunos, responsáveis e demais pessoas), com termômetro digital de testa (que não necessita de contato com a pele). Quando a temperatura for superior a 37ºC, não será permitida a entrada na unidade escolar.

·         A diretora da unidade escolar deverá designar um funcionário da própria escola para higienização dos pertences dos alunos e responsáveis, na entrada, e aferição da temperatura de todos que adentrarem a unidade escolar. Os professores, educadores e demais funcionários da unidade escolar, incluindo funcionários das empresas terceirizadas, deverão realizar a higienização de seus pertences.

·         Professores, educadores, equipe gestora e demais funcionários deverão fazer uso de avental ou, ao chegar no local de trabalho, realizar a troca de roupa.

·         Higienização das mãos – alunos, educadores e professores deverão higienizar suas mãos com água e sabão antes de adentrarem a respectiva sala de aula.

·         A família não deverá enviar a criança com qualquer sintoma (febre, tosse, nariz escorrendo, espirro, dor de garganta, dor de cabeça, dor na barriga, vômito, diarreia, etc). Caso a criança apresente algum sintoma na escola, será encaminhada a uma sala com um adulto para aguardar a família, que será chamada imediatamente. A criança só retornará para a escola com atestado médico/ declaração autorizando o seu retorno.

·         Armazenar, preferencialmente, as mochilas do lado de fora da sala de aula. 

·         Manter a distância de 2m (dois metros) entre as carteiras e mesas dos alunos.

·         Suspender a prática de levar objetos de casa para a escola e da escola para casa.

·         Suspender o dia do brinquedo, a sacolinha de leitura e outros.

·         Cada funcionário e cada aluno deverá trazer a sua garrafa de água e  identificá-la com nome. O uso do bebedouro será somente para abastecer as garrafas/copos.

 

ATIVIDADES:

·         Retirar o excesso de brinquedos de todas as salas para facilitar a higienização e os espaços para o brincar.

·         Todos os materiais devem ser de uso individual.

·         Suspender as propostas com uso de fantasias e outros tecidos que demandam a lavagem imediata;

·         Evitar o uso de materiais que não podem ser higienizados.

·         Planejar e organizar atividades ao ar livre sempre que possível, com grupos reduzidos e distanciamento entre as crianças;

 

AÇÕES DE PREVENÇÃO:

·         Promover em pequenos grupos, com distanciamento, conversas ou outras estratégias educativas que incluam os cuidados com o corpo, prevenção de doenças, uso correto da máscara, uso do álcool gel, higiene das mãos e do nariz etc.

·         Orientar e supervisionar a utilização adequada do álcool gel pelos alunos.

·         Reforçar a necessidade de não abraçar o amigo neste momento e não compartilhar materiais.

·         Intensificar a lavagem de mãos várias vezes ao dia, como propostas de cuidar e educar as crianças.

·         Higienizar a sala de referência das crianças antes e após o término do período.

·         O Transporte escolar deverá seguir a orientação e protocolo determinado pela Secretaria de Mobilidade Urbana e Vigilância Sanitária.

·         Higienização de mesas, armários, prateleiras.

·         Cantinhos de leitura e excessos de enfeites, que não podem ser higienizados, deverão ser retirados das salas.

·         As janelas e portas devem permanecer abertas durante todo o período garantindo a ventilação.

·         Ampliação dos turnos de higienização: A higienização e a lavagem de maçanetas, interruptores, assento sanitários, torneiras, puxadores de armários, corrimão, lixeiras, salas, banheiros, trocadores, banheiras, cuba de banho, móveis da sala, cadeirões, mesas e cadeiras, colchonetes, berços, caminhas empilháveis, brinquedos das salas, entre outros, devem ocorrer frequentemente;

·         Cestos de lixo (50 l) com pedal e tampa nos espaços escolares.

·         Está suspenso, temporariamente, o uso do play, do parquinho, bibliotecas, salas de leitura, brinquedoteca, sala de vídeo, ateliês.

 

REFEITÓRIO:

·         Nos refeitórios, as mesas comportam 4 cadeiras: terá distanciamento social para alimentação – 2 crianças por mesa com 1,5m (um metro e meio) de distanciamento ou 1 criança por mesa para ampliar o distanciamento social; nas mesas de bancos coletivos: intercalar 4 crianças.

·         Após cada refeição, a equipe da limpeza deverá fazer a higienização de todo o espaço.

·         O autosserviço (self service) está temporariamente interrompido.

·         Evitar conversas durante a refeição.

·         Papel toalha descartável.

·         Toda a equipe de cozinha deverá seguir os protocolos de higiene e prevenção, fazendo uso dos equipamentos de proteção e realizando a limpeza e o manuseio cuidadoso dos alimentos, materiais e espaços.